Aprender fazendo. Criteo e o Progama Voyager.

 

Boas companhias a gente quer sempre por perto, não é? Para quem se preocupa em ser uma pessoa melhor, estar com amigos dispostos a ajudar e, principalmente, compartilhar experiências é essencial. É trocando ideias, opiniões e respeitando o conhecimento do outro que podemos aprender com outras experiências, construir coisas novas e descortinar novos caminhos para nós mesmos e para os desafios que encaramos todo dia.

Aqui na Criteo, nossa principal missão é contribuir para o crescimento de nossos clientes. Mas sabemos que só alcançaremos esse objetivo se nossos colaboradores estiverem imbuídos desse mesmo compromisso, possibilitando uma aproximação para que possam trocar entre si suas experiências, contar com seus colegas em situações desafiadoras e trabalharem juntos para realizações em comum. Dessa forma, o papel da empresa é contribuir para criar um ambiente que estimule essa aproximação, promovendo um clima descontraído que deixe todo mundo à vontade para compartilhar seus sucessos, suas dúvidas e seus sonhos.

Uma das iniciativas mais bacanas que a Criteo desenvolveu nesse sentido foi o Voyager, um programa de aprendizado na prática disponível para todos os funcionários que pode mudar vidas. Entendemos que uma das coisas mais valorizadas por nossos colaboradores (e, talvez, por colaboradores de qualquer empresa!) é a oportunidade de aprender sobre o negócio no qual estão inseridos, de ter uma visão maior da indústria onde a empresa atua e aprender coisas novas que contribuam para o seu crescimento pessoal. O Voyager faz tudo isso e ainda estimula o contato criativo entre pessoas de diferentes áreas da empresa.

O programa foi feito para dar a oportunidade aos nossos colaboradores de experimentarem como é trabalhar em outros setores da empresa. São três modalidades que estão abertas para todos os funcionários desde que atendam aos requisitos básicos de cada uma. E é muito fácil se aplicar, o próprio candidato é responsável por todo o acordo.

Funciona assim. Na modalidade Walk In My Shoes, o candidato passa de um a três dias aprendendo tarefas, atividades e processos diários da posição de um colega em uma função diferente. Qualquer funcionário da Criteo está apto a se aplicar para essa experiência, basta ter a anuência de seu gestor imediato e do gestor da área de destino, preencher um formulário a ser encaminhado para ambos e voilá! Setenta e duas horas de um curso prático sobre o que quiser aprender dentro da empresa!

Na modalidade Discovery, o candidato tem a oportunidade de passar de uma a três semanas na área de destino que escolher. A ideia aqui é realmente ganhar experiência em uma nova função e aprofundar o relacionamento com outros times e em outros mercados. Para isso, o candidato precisa ter um pouco mais de vivência na empresa, doze meses é o mínimo de tempo de casa para se aplicar. Da mesma forma como a modalidade anterior, é o candidato que promove o entendimento das áreas de saída e destino. Seus gestores combinam os objetivos a serem entregues nesse período, validam tudo no RH e pronto! Um estágio de até um mês garantido. Experiência para a vida e para o currículo!

Agora, se você acha que três semanas ainda é pouco, a Criteo também disponibiliza a modalidade Immersion, que dá a oportunidade de trabalhar em outra área da empresa por até três meses. Aqui o processo é um pouco diferente: o gestor da área de destino publica uma vaga com a descrição de um determinado skillset que necessita para um projeto, ou para a substituição de um colaborador por conta de uma licença, por exemplo. É uma oportunidade temporária de um a três meses, à qual o candidato deve se aplicar online, passar por uma seleção inicial, uma entrevista com o gestor da área de destino e, se tiver no mínimo doze meses de empresa e a anuência de seu gestor imediato, pode fazer as malas!

E fazer as malas não é apenas força de expressão! Cristina, colaboradora do time de RH e Francisco Sanches, Advanced Creative Consultant Mid-Market, Latam, ambos de São Paulo passaram três e dois meses, respectivamente, na sede da Criteo em Paris, na França. “Foi incrível!”, diz Cristina. “Eu pude aprender mais sobre o negócio na própria matriz, onde tudo começou, conhecer uma nova cultura e estabelecer parcerias com tantas pessoas geniais, apaixonadas por desafios e pelo que há de novo no mundo da internet, que definitivamente só contribuíram para que essa experiência fosse inesquecível e muito proveitosa. Merci, Criteo!”

“Foi uma das minhas melhores experiências na Criteo”, conta Francisco. “Pude atuar em uma função diferente da minha, me aproximei de colegas novos, compartilhei vivências e aprendi muito! Tudo isso em meio a um escritório super descontraído, cidade incrível e comida maravilhosa!”

Ambos voltaram cheios de gás e, pensando nos colegas que ficaram e os receberam de volta curiosos, ainda apresentaram suas experiências, as boas práticas dos outros setores. Enfim, fizeram a cultura da empresa circular, gerando mais sensação de pertencimento e vontade de contribuir.

Esse é um dos programas que nos dá mais orgulho! Ver nossos colaboradores se desenvolvendo e crescendo com as oportunidades dentro da empresa nos dá a certeza de que estamos indo no caminho certo. Se você gostou do programa Voyager e quer saber mais como pode se aplicar para virar um colaborador da Criteo, fique ligado em nossa central de carreiras. Quem sabe a Criteo não muda a sua vida enquanto você muda o mundo com a Criteo?