Criteo alavanca bid de IdentityLink da LiveRamp

 

Todo publisher e profissional de marketing atento ao que há de mais moderno na indústria certamente está curioso para saber qual será o papel dos cookies no futuro. Restrições de navegadores, regulamentos de privacidade e reação do consumidor são apenas alguns dos desafios que pesam na balança. De um lado, a escolha e o consentimento do consumidor; do outro, a necessidade de receitas publicitárias para manter a internet aberta gratuita.

É um enigma que todos os players no ecossistema precisam resolver juntos. Na Criteo, nosso foco é manter a endereçabilidade em um mundo sem cookies e assegurar que os profissionais de marketing possam conectar-se aos consumidores por meio de conteúdo gratuito dos publishers.

Os consumidores querem que seus dados sejam tratados com o máximo cuidado, sob máxima privacidade, mas também querem receber conteúdo personalizado e relevante. Os especialistas da área precisam alocar seus budgets com eficiência e procurar ferramentas que garantam que suas mensagens alcancem as pessoas certas, na hora certa, respeitando o limite de frequência e as funcionalidades de supressão. Os publishers criam e fornecem conteúdo — e dependem da receita publicitária para manter esse conteúdo disponível e gratuito. Afinal de contas, a democracia depende de uma imprensa livre, e a imprensa livre depende da publicidade.

A Criteo está comprometida em fornecer aos profissionais de marketing acesso a todas e possíveis fontes de inventário, seguindo as melhores práticas em privacidade. Aqui cada impressão comprada pode ser mensurada com independência e transparência. Isso requer uma solução de identidade em escala. A Criteo, ao lado de parceiros e clientes, desenvolveu uma das maiores bases de dados determinísticas de identidade do mundo para a internet aberta.

Temos o prazer de anunciar que estamos aumentando nosso suporte existente à base de dados IdentityLink da LiveRamp, uma das maiores DSPs globais. Essa iniciativa oferece aos profissionais de marketing as maiores taxas possíveis de combinação para campanhas de marketing people-based, aumentando o acesso a inventários people-based seguindo as regras privacy-by-design. Além disso, é uma alternativa competitiva (quem sabe, superior) aos jardins murados (walled gardens). Cada impressão comprada com o IdentityLink pode ser mensurada com o IdentityLink — de maneira transparente em qualquer ambiente escolhido pela marca.

O IdentityLink conecta-se diretamente ao inventário de anúncios através de integrações de publishers e SSPs, permitindo o acesso a inventários digitais, mobile, conectados a TVs e sem cookies. Como o IdentityLink é um ID people-based, ele não depende do uso de cookies de terceiros. Trata-se de uma abordagem de identidade baseada em pessoas. Dando bids no IdentityLink, a Criteo permite que seus clientes acessem automaticamente novas fontes de inventário e ampliem seu alcance para formas de mídia antes inexploradas.

Nossa parceria com a LiveRamp também se estende ao mundo offline, pois sabemos que as campanhas digitais impactam significativamente as vendas em lojas físicas — vendas que são difíceis de rastrear sem uma identificação baseada em pessoas. Clientes da Criteo e da LiveRamp podem integrar seus dados offline à Criteo através das ferramentas Shopper Graph da Criteo e IdentityLink da LiveRamp e depois utilizar a tecnologia da Criteo para otimizar e mensurar campanhas, extraindo insights que antes não eram possíveis.

Ficou mais fácil conectar impressões a dados offline, inclusive dados de transações, e fornecer aos profissionais de marketing uma visão 360º de suas campanhas. Ao contrário dos jardins murados, os dados são acessíveis gratuitamente a qualquer profissional de marketing que seja usuário da Criteo. Eles podem analisar os logs resultantes e mensurar com independência e transparência.

Embora tudo isso represente uma enorme vantagem para os profissionais de marketing, quem ganha mesmo são os consumidores. Dando bids no IdentityLink, a Criteo otimiza a experiência do consumidor vinculando identificadores online e offline. E, acima de tudo, levamos em consideração a privacidade do usuário. Em vez do opt-out baseado em cookies, os consumidores podem opor-se ao serviço em nível pessoal, independentemente de dispositivo ou cookie.

O futuro da publicidade digital é people-based. O setor de marketing digital só tem a ganhar com soluções que ofereçam aos consumidores a oportunidade de escolher e consentir o que desejam ver e receber. Dessa forma, os profissionais de marketing podem comunicar-se efetivamente com audiências relevantes, e os publishers podem continuar a oferecer conteúdo valioso na web aberta. Nossa meta é ajudar a impulsionar uma solução de identidade em escala, que equilibre todas as necessidades em um ecossistema aberto e justo a todos os participantes.