Agosto 15, 2017
Compartilhar

Criteo Summit 2017: diversão, sol e o futuro no sul da França

 

Em junho passado, a cidade de Moliets-et-Maa, no sul da França, tornou-se o QG temporário de aproximadamente 2.700 funcionários da Criteo durante três dias, quando foi realizado nosso Global Summit. Profissionais do mundo todo se reuniram para celebrar um ano de muitos sucessos, discutir as expectativas futuras, fazer networking, aprender e compartilhar.

Com as belas praias e o mar estonteante como cenário, todos estavam dispostos a “Surfar a Onda”, focados em oferecer soluções dinâmicas e de ponta para marcas e varejistas em tempos de grandes desafios.

Foi ótimo encontrarmos membros de equipe pessoalmente e ver toda a empresa reunida. O clima era de total entusiasmo com o ritmo crescente dos negócios e a interação com colegas de nossos mais de 30 escritórios globais.

A agenda do evento estava repleta de atividades para encorajar o compartilhamento de conhecimento, o networking, o trabalho em equipe e o aprendizado. A programação foi eclética. Nosso primeiro show de talentos ao vivo, o “Criteo’s Got Talent”, emocionou a plateia, arrebatada pelas bandas que duelavam para conquistar o exigente júri, que incluía nosso CEO, Eric Eichmann. A Criteo só contrata profissionais incríveis, mas não sabia que havia tantas estrelas entre nossa equipe.

A importância de compartilhar a mesma visão e as mesmas metas é vital para qualquer negócio. Assim, ficamos muito felizes em reunir e ouvir toda nossa equipe de liderança, que destacou as mudanças sem precedentes no setor de varejo e a abordagem inovadora da Criteo para impulsionar receitas e lucro de marcas e varejistas ao redor do mundo.

O aprendizado e o compartilhamento de conhecimento é parte essencial de qualquer evento. Neste ano, além das dinâmicas para fortalecer o espírito de equipe, também oferecemos novos cursos por meio da Criteo University, com os mais diversos temas: machine learning, funcionamento do cérebro e até mesmo uma sessão sobre Bitcoin.

Mesmo com tanto aprendizado e networking, também tivemos tempo para muita diversão: yoga, vôlei de praia, surfe, futebol, entre outras atividades. E, lógico, uma sensacional festa na praia, em que dançamos a noite toda.

O Summit pode ter sido apenas para os funcionários, mas a energia contagiante, a liderança inspiradora e os conhecimentos trocados renovaram nossa determinação — agora e nos próximos meses.