Qual a diferença entre CPC e CPM?

 

Os anúncios online são vendidos de acordo com alguns modelos básicos de preço. Os mais populares são CPM e CPC. E a pergunta que nunca quer calar é “Qual usar?”. Antes de respondê-la, vamos entender a diferença. Se você quer saber o que diferencia CMPs vs. CPCs, veio ao lugar certo.

Primeiro, as definições:

Em uma compra de anúncio, há duas unidades básicas de custo:

  1. CPM (Cost per Mille) = custo por 1.000 impressões
  2. CPC (Cost per Click) = custo por clique

Tudo bem, mas por que eu escolheria uma e não a outra?

O CPM é melhor para gerar reconhecimento e engajamento com a marca. É ideal quando você está tentando gerar visibilidade para a marca. Você pode ser mais específico em relação à segmentação de tipo de página — por exemplo, se sua empresa se chama “Mar Infinito”, possivelmente seus anúncios serão mostrados em sites com conteúdo marítimo: viagens de navio, viagens tropicais, equipamento de pesca etc.

É preciso entender o seguinte: você compra 1.000 impressões, não importa quanto seu parceiro de publicidade cobra, e 1.000 anúncios serão mostrados na web.

O CPC é melhor para gerar conversões, em vendas ou visitas ao site. Quando um consumidor visita sites sobre cruzeiros marítimos, seu anúncio de retargeting para viagens de navio de Santos a Búzios poderá ser mostrado a ele, exibindo um produto ou um pacote com alta probabilidade de interesse.

Se o visitante clicar no anúncio, ele será direcionado diretamente ao seu site e você pagará pelo custo desse clique. Se a venda ocorrer, seu pequeno investimento ganhará novas proporções.

Ambos os modelos de preço são bons, mas tudo depende das metas da campanha. Há alguma desvantagem?

O CPM é feito para gerar o reconhecimento da marca. A desvantagem é que você pode não receber um clique sequer no seu site. Você paga o preço total da campanha, não importa a performance. Às vezes, você paga por impressões que ninguém vê. Aí complica!

O CPC, por outro lado, é a melhor forma de gerar performance (receita) ou um determinado tipo de ação (por exemplo, visitas ao site, compras de pacotes de viagem, downloads de panfletos etc.). Com o CPC, há menos impressões, mas os anúncios são muito mais personalizados e segmentados, e você só paga quando o usuário clica nesses anúncios.

Qualquer pessoa que clica está muito interessada no que seu anúncio tem para vender. Portanto, você tem total transparência de quando alguém clica no anúncio, e você só paga por esse clique — o que equivale à performance. Um parceiro de tecnologia que trabalha com base no modelo de preço de CPC absorve o custo de qualquer anúncio que não recebe cliques. Assim, o risco recai sobre o parceiro de tecnologia, e não sobre o anunciante.

Onde um modelo de preço de CPC é mais eficaz?

Os dois modelos, CPM e CPC, podem ser valiosos. Porém, se você quer conversões ou aquisições, um modelo de preço baseado em CPC provavelmente funcionará melhor. Você só paga quando os consumidores se engajam com suas campanhas e, como resultado, eleva seu ROI.

Para saber mais, leia O que é retargeting? Seu guia definitivo.

Gere vendas com o Criteo Customer Acquisition

Na Criteo, oferecemos um modelo de campanha com base em CPC com o Criteo Customer Acquisition.

Além de ser baseado em CPC, o Criteo Customer Acquisition utiliza machine learning e nossa comprovada tecnologia de recomendação de produtos para maximizar conversões online para campanhas de aquisição. Quando seus criativos de anúncio e suas recomendações de produtos são personalizados, os usuários têm maior potencial de clicar e converter.

Para fazermos isso, isolamos o público-alvo dos clientes existentes entre mais de 1,2 bilhão de usuários ativos no Criteo Shopper Graph. Em seguida, segmentamos os consumidores mais relevantes que têm maior propensão para converter, analisando em detalhes seus padrões e interesses de compra dentro dos 600 TB de eventos diários de compra e navegação que coletamos e armazenamos.

Para saber mais sobre o Criteo Customer Acquisition e impulsionar suas vendas, clique aqui.

CPC para campanhas baseadas em performance

Com o CPC, você só paga quando seu anúncio é clicado, o que significa que vale a pena investir em anúncios que atraem visualizações. Um parceiro de tecnologia qualificado pode ajudar a dar um gás em seus criativos e catálogos de produtos para que a mensagem certa seja entregue à audiência certa na hora certa. Quando esses elementos são totalmente otimizados, sua campanha de CPC pode gerar resultados acima das expectativas.