Junho 30, 2017
Compartilhar

Tendências: opiniões e previsões para um setor em transição

 

O instituto de pesquisas Kantar/Millward Brown divulgou recentemente um relatório que mostra diferentes opiniões sobre o atual cenário do trade marketing e um tema constante: a necessidade de oferecer uma experiência de compras personalizada, que veja o consumidor de maneira abrangente. Mas, no que se refere a como atingir essa meta, as respostas variam. Essa pesquisa, realizada com 100 profissionais de marketing, muitos dos quais trabalhando para empresas com receitas superiores a US$ 500 milhões, revela algumas opiniões surpreendentes sobre o atual cenário do trade marketing. Entre elas:

As áreas de trade e brand marketing estarão cada vez mais integradas

Porque os orçamentos estão se entrelaçando. Os profissionais de marketing preveem uma necessidade cada vez maior de focar no shopper marketing, e não apenas em um canal. Com uma visão pessoal e abrangente dos consumidores, será possível atenuar a fronteira entre trade marketing e brand marketing.

Paid search e publicidade display serão mais eficazes

Porque o cenário da mídia local está mudando, e as marcas precisam acompanhar as mudanças. Conforme a mídia impressa perde espaço, a mídia digital avança, especialmente nos sites de varejo. Paid search nos sites de varejo é um canal particularmente animador e muito subutilizado.

Os maiores desafios são atribuição e tracking

Porque é importante saber quando uma campanha está funcionando ou não. Embora os entrevistados tenham apontado muitos desafios para o trade marketing, o maior problema percebido foi a dificuldade de medir e rastrear a eficácia de uma campanha — desafios mais fáceis de lidar no marketing digital.

A maioria dos entrevistados ressalta que o uso de dispositivos e assistentes ativados por voz, como Alexa do Amazon Echo, Microsoft Cortana e Google Home, será cada vez maior

Porque, às vezes, precisamos de alguém para conversar (alguém que ouça sem reclamar). Em sua maioria, os profissionais de marketing entendem que essa tecnologia estará cada vez mais presente no dia a dia do setor, particularmente para a pesquisa de produtos.

O maior desejo é impactar os consumidores em diferentes dispositivos e plataformas com mais facilidade

Porque, por trás de laptops, smartphones e tablets, há pessoas com identidades próprias. Tudo o que o setor deseja é ver o consumidor individualmente, como uma pessoa única, online e offline.

Quer saber outras tendências em trade marketing? Clique aqui para ler o relatório completo.