GLOSSÁRIO TERMINOLÓGICO

Publicidade digital, A-Z

A publicidade digital é recheada de siglas e termos técnicos. Nosso glossário explica todo esse jargão com definições dos termos mais comuns.

A

A/B Test (Teste A/B)

Teste comparativo em que a audiência é dividida (em geral, em dois grupos) e duas soluções ou recursos alternativos são executados em cada subgrupo. É usado para comparar a performance de uma solução ou recurso com outro.

Above the Fold (Acima da dobra)

Um anúncio está acima da dobra (above the fold) quando ele é colocado dentro do quadro de visão do conteúdo. Em outras palavras: o anúncio é visível na tela do consumidor depois que a página ou o app é carregado.

Acquisition (Aquisição)

Publicidade de aquisição é uma meta de marketing destinada a expandir a base de clientes de uma empresa, alavancar visitas ou aumentar vendas.

Active Elements (Elementos ativos)

Componentes de design do anúncio, como logos, calls-to-action (CTAs), descrições e classificações que são dinamicamente combinados com imagens de um catálogo de produtos para criar anúncios nativos (native) personalizados.

Ad Exchange

Uma ad exchange é uma plataforma de tecnologia neutra que facilita a compra e a venda de inventário publicitário. Os preços dos anúncios são determinados por meio de leilão de bids em tempo real (também conhecido como RTB, ou Real-Time Bidding).

Ad Formats (Formatos de anúncios)

Uma especificação para criativo publicitário que normalmente inclui se o anúncio conterá texto, áudio ou conteúdo gráfico, o tamanho do criativo e o dispositivo habilitado para web usado para ver o criativo. O Interactive Advertising Bureau (IAB) definiu formatos de anúncios padrão. E também há formatos nativos que são personalizados para um site específico.

Ad Layout (Layout do anúncio)

A forma como os componentes de um banner (p. ex., imagens, preços, descrições, títulos dos produtos) são organizados em um banner.

Ad Tech

Ad tech, abreviação de "advertising technology", são serviços de tecnologia que proporcionam aos profissionais de marketing a capacidade de engajar pessoas nas propriedades digitais para que alcancem os resultados desejados (p. ex., brand awareness, engajamento, consideração, conversão). Além disso, esses serviços entregam aos media owners (publishers e varejistas) ferramentas de vendas e rendimento para monetizar melhor seus inventários.

Adaptive Conversion Optimization (ACO)

Um recurso do Criteo AI Engine que representa uma evolução na otimização de conversões. O ACO maximiza o número de vendas dos clientes com uma meta de CPO (custo por pedido), ajustando dinamicamente bids de hora em hora.

Adaptive Design (Design adaptativo)

Design que adapta o conteúdo digital ao dispositivo e ao navegador do consumidor.

Addressable Advertising (Publicidade endereçável)

Publicidade que usa identificadores para melhorar aspectos como planejamento, engajamento, mensuração e otimização da publicidade digital.

AI/ML (IA/ML)

Inteligência Artificial (IA) e Machine Learning (ML). O ML é um subgrupo da IA que permite que uma máquina aprenda automaticamente com dados anteriores sem programação explícita. A meta da IA é automatizar decisões para resolver problemas complexos que antes exigiam uma série de intervenções humanas. A eficácia de ambos é otimizada com dados precisos, em escala e em tempo real.

Algorithm (Algoritmo)

Um conjunto de regras para transformar um grupo predefinido de dados em resultados. O Criteo AI Engine usa algoritmos para predizer e recomendar conteúdo para pessoas, bem como sugerir táticas para media owners e profissionais de marketing para que alcancem melhores resultados.

App Advertising (Publicidade in-app)

Anúncios que levam os usuários a instalar um aplicativo, interagir com um aplicativo ou reinstalá-lo.
Leia mais

App-Events SDK (SDK app-events)

O SDK (Software Development Kit) App-Events é uma ferramenta para desenvolvedores fácil de usar que permite que os profissionais de marketing se beneficiem de eventos e transações no app para enriquecer estratégias de mensagens e compras de mídia.

Arbitrage (Arbitragem)

Pagar publishers por uma métrica (p. ex., CPM) e vender para compradores outra métrica (p. ex., CPC), para melhorar a margem e reduzir o risco para compradores – eles só pagam pelo que desejam (neste exemplo, cliques).

Attribute (Atributo)

Informações probabilísticas (p. ex., intenção de compra) ou determinísticas (p. ex., evento de compra) vinculadas a um identificador.

Attribution (Atribuição)

Atribuição de marketing é como os profissionais de marketing atribuem crédito pelo sucesso de suas campanhas publicitárias. Ela avalia os pontos de contato de marketing que um consumidor encontra ao longo da jornada até um resultado desejado (p. ex., uma compra). A meta da atribuição é determinar quais canais e mensagens tiveram o maior impacto sobre a decisão para realizar a ação desejada (como um clique ou conversão).

Audience (Audiência)

Também chamada "segmento de audiência", trata-se de um grupo de identificadores que compartilham características de atributos em comum. Os profissionais de marketing usam audiências como tática de engajamento para garantir que possam concentrar seus budgets limitados nas pessoas com maior probabilidade de gerar um resultado positivo para os negócios.

Audience Targeting (Segmentação de audiências)

A prática de engajar pessoas com base em características em comum (geralmente chamadas "segmentos") para direcionar melhor budgets de mídia limitados e veicular publicidade mais relevante.
Leia mais

Average Cart (Valor médio do carrinho)

A receita média gerada pelas vendas de uma campanha. Esse KPI é calculado dividindo-se a receita total pelo total de pedidos em determinado período. O valor médio do carrinho (ou ticket médio) pode ser rastreado por qualquer período, mas o mais comum é a média mensal móvel.

Awareness

Publicidade de awareness é uma meta de marketing para aumentar a familiaridade do consumidor com uma determinada marca, em nível de empresa ou em relação a produtos e serviços específicos e seus benefícios.

B

Banner Ad (Anúncio em banner)

Um criativo online colocado na propriedade digital do media owner (p. ex., na página da web de um publisher). Um banner de display tradicional costuma ter um tamanho predefinido (p. ex., 300x250 pixels) e inclui uma combinação de imagens e texto.

Behavioral Targeting (Segmentação comportamental)

A segmentação comportamental, também conhecida como Online Behavioral Targeting (OBA), ou publicidade com base em interesses, gera um atributo com base em uma atividade anterior do consumidor, como o número de páginas visitadas sobre um tópico específico ou interações com conteúdos (incluindo cliques em anúncios) referentes a uma determinada marca.

Bid Price Optimization (Otimização de preço de bid)

Ajusta automaticamente o valor do bid que o profissional de marketing dará em uma determinada impressão com base em uma série de informações que definem o valor dessa impressão para o profissional de marketing.

Blocklist (Lista de bloqueio)

Lista de endereços IP, publishers, anunciantes, contextos, palavras-chave ou produtos que devem ser excluídos de uma campanha.

Bounce Tracking (Tracking de rejeição)

O tracking de rejeição (também chamado "tracking de link") depende da adição de parâmetros às URLs para transferir informações para as empresas. Ele é usado por vários parceiros da cadeia de supply em milhões de sites, como provedores de autenticação, verificação de cartão de crédito, e até mesmo no Google e no Facebook, para rastrear cliques de links de anunciantes em pesquisas e anúncios nas suas propriedades digitais. Tanto o UID2 quanto o Prebid SSO também dependem dessa tecnologia para garantir que as preferências de opt-in do usuário possam ser comunicadas através dos vários sites que as pessoas visitam, apesar da interferência ativa dos gatekeepers de internet.

Brand / Agency DSP (DSP de marca/agência)

Uma DSP de terceiros que não pertence à Criteo. A Criteo não disponibiliza audiências exclusivas para nossos clientes em DSPs rivais.

Brand Affinity (Afinidade com a marca)

A probabilidade de sentimento positivo entre uma marca e alguns outros elementos (páginas, pessoas, outras marcas).

Brand Lift

Uma medida de incrementalidade, pois compara a diferença de awareness entre um grupo de pessoas expostas aos anúncios versus um grupo de controle comparável não exposto aos anúncios.

Brand Safety & Fraud Prevention (Brand safety e prevenção contra fraudes)

As ferramentas de Brand Safety controlam otimizações automatizadas para garantir que as definições de media owners ou de profissionais de marketing, em relação a conteúdo aceitável, sejam aplicadas à mídia que eles vendem ou compram, respectivamente. A prevenção contra fraudes refere-se à otimização automatizada para eliminar tráfego não humano ou branding falso de mídia em que os profissionais de marketing estejam veiculando publicidade.

Buy (Compra)

A compra de espaço publicitário em canais de mídia relevantes no momento certo, e com bom custo-benefício, para alcançar um objetivo predeterminado.

Buyer Index

Modelos de propensão movidos por Inteligência Artificial da Criteo que desbloqueiam mais oportunidades de engajamento de commerce media. O Buyer Index usa dados de intenção de consumidores mapeados em sinais contextuais para gerar resultados de marketing superiores.

C

California Consumer Privacy Act (CCPA) (Lei de privacidade do consumidor da Califórnia)

Lei de privacidade do consumidor da Califórnia. Uma lei que protege os novos direitos de privacidade dos consumidores da Califórnia, nos Estados Unidos.

Call-to-Action (CTA)

Um botão específico no anúncio que convida o consumidor a clicar no texto; por exemplo, "Comprar agora".

Campaign (Campanha)

Conjunto de táticas de criativos, budget e engajamento que o profissional de marketing configura na DSP da Criteo para alcançar um resultado, mensurado por métricas predefinidas.

Capping (Limite)

O limite de frequência significa restringir (limitar) o número de vezes (frequência) que um anúncio específico é mostrado a um determinado visitante. Veja também Limite de frequência.

Catalog Feed (Catálogo de produtos)

Inventário de produtos do anunciante. Um produto no catálogo tipicamente inclui ID, nome, descrição, categoria, URL de imagem e URL do produto no site da marca.

Channels (Canais)

Um canal de mídia refere-se ao meio específico em que a mensagem do anunciante será visualizada pela audiência pretendida, combinando muitas vezes formatos de anúncios com dispositivos específicos (p. ex., um anúncio em vídeo veiculado em uma plataforma social e visualizado em um dispositivo mobile pode ser considerado três canais). Os canais de mídia online muitas vezes incluem pesquisa, display, mobile, social e streaming de vídeo.

Click-Through Rate (CTR) (Taxa de cliques)

Mostra quantas vezes as pessoas que viram seu anúncio acabaram clicando nele. A CTR é calculada dividindo o número de cliques em um anúncio pelo número de impressões veiculadas.

Click/Click Through (Clique/click-through)

Cada vez que um consumidor clica em um anúncio e é levado a um determinado ponto designado (ao site de um anunciante, por exemplo).

Cohort Audiences (Audiências por coortes)

As audiências por coortes do Google atribuem cada navegador a um único segmento de audiência, com base nos comportamentos de navegação. As coortes são mutuamente exclusivas; isso significa que cada navegador pertence a uma única coorte. Como cada coorte deve ser um grupo grande, isso impede que os profissionais de marketing utilizem a segmentação de audiência para mensuração ou otimização.

Commerce Audience

Uma audiência da Criteo que permite aos anunciantes engajar prospects interessados em categorias ou marcas específicas, ou com caraterísticas sociodemográficas específicas. Saiba mais.

Commerce Data

Base de dados de compra e de intenção da Criteo que fornece insights sobre comportamentos e jornadas dos consumidores. A nossa base de commerce data inclui: dados demográficos, localização, anúncio clicado, páginas visualizadas, produtos visualizados, produtos comprados, vendas offline e dados contextuais de publishers, como URLs, categorias e palavras-chave.

Commerce Data Collective

Os clientes podem optar por acessar o pool compartilhado de dados de catálogos, transações e interesses para enriquecer e otimizar o engajamento das pessoas na First-Party Media Network. Esses dados proprietários só são disponibilizados quando se utiliza a DSP da Criteo. Esses dados são anonimizados e cada profissional de marketing contribui com, no máximo, 1% – o que significa que cada anunciante recebe muito mais do que oferece.

Commerce Insights (Insights comerciais)

Solução que combina métricas de mídia com commerce data orgânico para influenciar mídia de varejo e até otimizar as decisões de conteúdo e merchandising.

Commerce Intent (Intenção comercial)

Pessoas que provavelmente comprarão um determinado produto ou serviço. Veja Audiência in-market.

Commerce Media

Publicidade digital que combina commerce data e inteligência para ajudar profissionais de marketing e mídia a gerarem resultados para os negócios. Saiba mais.

Commerce Media Platform

Abrange a DSP e a SSP da Criteo e é alimentada pela maior base de commerce data do mundo, para ajudar profissionais de marketing e mídia a alcançarem e monetizarem audiências com resultados expressivos.

Competition Win % (% Ganho competitivo) (Comp. Win)

O share das impressões segmentadas que um profissional de marketing ganha em um mercado programático.

Composer

Composer é um dos componentes centrais da tecnologia DCO+. Com ele, a equipe de Creative Services cria uma estrutura de design digital para cada cliente com base nos guias da marca.

Connected TV (CTV)

Dispositivo em que os anúncios são veiculados durante programas e filmes transmitidos por streaming via serviços OTT (over-the-top) em qualquer TV conectada (televisão com conexão integrada à internet) ou dispositivos de streaming (como Apple TV, Amazon Fire Stick ou Roku).

Consent Management Platform (CMP) (Plataforma de gestão de consentimento)

A Plataforma de Gestão de Consentimento (CMP) é uma plataforma utilizada pelos publishers para solicitar, receber, armazenar e atualizar o consentimento dos usuários. As CMPs geralmente apresentam uma interface amigável para permitir que os usuários aprovem/desaprovem que os fornecedores rastreiem, direcionem e compartilhem sua presença online.

Consideration (Consideração)

A publicidade de consideração é uma meta de marketing concebida para atrair as pessoas a se conectarem com uma marca e conhecerem melhor seus benefícios.

Consumer (Consumidor)

Consumidor é um usuário que navega pela internet, vê e interage com anúncios e olha produtos para comprar.

Contexts (Contextos)

O ambiente ao redor do posicionamento do anúncio. Os sinais típicos de contexto são URL, nível de categoria, texto e imagens.

Contextual Targeting (Segmentação contextual)

A segmentação contextual faz a correspondência de um anúncio com a página, com base no conteúdo dessa página. Permite aos anunciantes exibir anúncios a grupos de consumidores com base nos respectivos interesses e no conteúdo digital.

Conversion Rate (CR) (Taxa de conversão)

A porcentagem de resultados concluídos comparada aos cliques que ocorreram.

Cookie

Um pequeno arquivo de texto armazenado no computador do usuário que permite aos servidores da web financiar e melhorar as experiências das pessoas enquanto elas navegam pela web.

Cost of Sales (COS) (Custo por venda)

A relação entre o custo total da campanha e as vendas que a campanha gerou. Em outras palavras: o custo do seu anúncio como uma porcentagem da receita.
COS = Investimento em anúncio / receita gerada

Cost Per Acquisition (Custo por aquisição) (CPA)

A quantia que um profissional de marketing investe para o consumidor realizar uma ação, isto é, uma compra, um envio de formulário ou uma reserva concluída. Calculado como custo total dividido pelo total de conversões.

Cost Per Click (Custo por clique) (CPC)

O preço que um profissional de marketing paga cada vez que um consumidor clica no seu anúncio. Calculado como custo total dividido pelo total de cliques.

Cost Per Install (Custo por instalação) (CPI)

O preço que um profissional de marketing paga por cada instalação de app. Calculado como custo total dividido pelo total de instalações.

Cost Per Lead (Custo por lead) (CPL)

O preço que um profissional de marketing paga a cada lead gerado, normalmente identificado no preenchimento de um formulário, onde são obtidas as informações de contato. Calculado como custo total dividido pelo total de leads.

Cost Per Mille (Custo por mil impressõe) (CPM)

Custo por mil impressões (custo por mil). A quantia que um comprador paga aos parceiros do publisher com base em CPM: a cada mil impressões veiculadas no site do parceiro. (Receitas/Impressões) x 1000.

Cost Per Order (CPO) (Custo por pedido)

O preço médio que um profissional de marketing paga a cada pedido. Calculado como custo total dividido pelo número total de pedidos.

Cost Per View (Custo por visualização) (CPV)

O preço que um profissional de marketing paga sempre que o anúncio em vídeo é visualizado. Normalmente, o consumidor precisa assistir uma duração mínima do anúncio em vídeo para que este conte como uma visualização concluída. Calculado como custo total dividido pelo total de visualizações concluídas.

Creative Studio

Criativo personalizado criado pela equipe de Creative Consultants da Criteo utilizando o Studio.

Criteo DSP (DSP da Criteo)

A plataforma do lado da demanda (demand-side) da Criteo que otimiza a compra de mídia digital. Os clientes podem planejar, comprar, personalizar, mensurar e analisar todas as campanhas em relação a qualquer KPI e resultado. Os clientes da DSP da Criteo podem usar as exclusivas Commerce Audiences da Criteo, indisponíveis nas DSPs da concorrência.

Criteo Exchange

Criteo Exchange é um marketplace neutro para vendedores e compradores combinarem oferta e demanda – por ser neutro, não favorece nem um lado nem outro; semelhante às bolsas de valores. A Ad Exchange da Criteo diferencia-se das outras por fornecer acesso condicional à First-Party Media Network e ao Commerce Data Collective a quem optar por participar.

Criteo SSP (SSP da Criteo)

A plataforma do lado da oferta (sell-side) da Criteo permite aos media owners monetizar dados e inventário de mídia. Os clientes podem gerir o rendimento e beneficiar-se das mais de cem DSPs, incluindo a DSP da Criteo. Os clientes da SSP da Criteo têm acesso aos dados do nosso Buyer Index para otimizar a produtividade.

Custom Audience

Uma audiência criada especificamente para um cliente ou um caso de uso único.

Customer Acquisition (Aquisição de clientes)

Aquisição de clientes significa conquistar novos clientes. Isso inclui qualquer método usado, tanto online quanto offline, para encontrar novos clientes e encorajá-los a comprar. Táticas comuns incluem cold calling e email marketing, além de táticas online, como email, redes sociais, marketing de conteúdo, SEO, publicidade paga (paid display) e anúncios de paid search (busca paga).
Leia mais

Customer Catalog Files (Arquivos do catálogo do cliente)

Chamado também de ”feed do catálogo”. Inventário de produtos do anunciante. Um produto no catálogo tipicamente inclui ID, nome, descrição, categoria, URL de imagem e URL do produto no site da marca.

Customer Data Platform (CDP) (Plataforma de dados de clientes)

A Plataforma de Dados de Clientes (CDP) é semelhante à Plataforma de Gestão de Dados (DMP), mas geralmente contém informações de identificação pessoal (ou seja, dados capazes de identificar diretamente uma pessoa), que podem ser usadas para email etc.

Customer Targeting (Segmentação de cliente)

A segmentação de cliente é o ato de impactar seus clientes existentes para reengajá-los e gerar vendas.
Leia mais

D

Data Management Platform (DMP) (Plataforma de gestão de dados)

Software que agrega e processa feeds de dados que fornecem insights sobre audiências e segmentação para compradores e vendedores de anúncios.

Data Warehouse

Um data warehouse é uma base de dados grande, muitas vezes alimentada por vários repositórios de dados.

Deal ID (ID da transação)

O identificador da transação (Deal ID) é um número exclusivo geralmente formado por 19 caracteres e gerado por SSPs (ou ad servers) para uma transação direta programática (ou seja, leilões privados para private marketplaces, transações preferenciais ou transações garantidas). O ID da transação permite que os compradores de mídia identifiquem publishers no leilão e comprem seus inventários premium conforme os termos pré-negociados.

Deduplicated Reach (Alcance deduplicado)

Contagem exclusiva de residências ou indivíduos únicos alcançados pela publicidade.

Demand-Side Platform (DSP)

Plataforma de tecnologia usada por profissionais de marketing para alcançarem resultados por meio de táticas de segmentação. Trata-se de um sistema centralizado de gestão de campanhas e criação de relatórios, com acesso a uma ampla escala de inventários.

Devices (Dispositivos)

O hardware conectado à internet (p. ex., computador, tablets, dispositivos mobile, TV) que as pessoas usam para visualizar e interagir com os meios de comunicação digitais e comprar produtos e serviços.

Digital Shelf (Prateleira digital)

O equivalente online à experiência de compras em loja física. A prateleira digital é onde o produto da marca é exibido online e pode incluir resultados de pesquisa e páginas de detalhes do produto em sites e apps de varejo, marketplaces e outros canais de e-commerce.

Directly Identifiable Information (Informações de identificação direta)

Identificador que vincula ou se destina a vincular à identidade offline diretamente identificável de uma pessoa. Por exemplo: nome completo, número de CPF, número de carteira de motorista, conta bancária, passaporte ou endereço de email. Chamadas também de "Informações de identificação pessoal" (PII).

Display Advertising (Publicidade display)

Anúncios visuais colocados em sites, redes sociais ou apps. Em geral, são anúncios em banner com imagem, texto ou vídeo que, ao serem clicados, levam o consumidor a um site ou a uma landing page.
Leia mais

Dynamic Ads (Anúncios dinâmicos)

Um anúncio personalizado automaticamente para o consumidor que o visualiza, para criar engajamento e conversões adicionais.

Dynamic Budget Reallocation (Realocação dinâmica do budget)

Ajustes automatizados entre várias táticas dentro do budget predefinido de uma campanha.

Dynamic Creative (Criativo dinâmico)

Tipo de anúncio com boa capacidade de resposta que aproveita o catálogo de produtos para otimizar dinamicamente o conteúdo e as mensagens, oferecendo uma experiência personalizada a cada consumidor.

Dynamic Creative Optimization+ (DCO+)

A tecnologia de anúncios da Criteo que, em tempo real, faz a correspondência entre o modelo de criativo ideal e os elementos nele contidos (p. ex., texto, imagem, links), com base em dados sobre o usuário e seu ambiente atual (p. ex., localização geográfica, velocidade de conexão, tamanho da tela). Este produto só está disponível na forma de suplemento opcional para clientes da DSP da Criteo.

E

Effective Cost Per Mille (eCPM) (Custo efetivo por mil impressões)

Um KPI relevante selecionado pelo anunciante (CTR/CR/COS) dividido por impressões veiculadas, independentemente do modelo de preço utilizado para comprar impressões (CPM, CPC, CPA, CPL, CPCV etc.). Exemplo de um modelo de cobrança de CPC típico: eCPM = (CPC x cliques / impressões) x 1000.

Enriched Catalog (Catálogo enriquecido)

Um catálogo de produtos de um parceiro com uma melhor qualidade de dados por campos adicionais de rich media (chamados enriquecimentos), como vídeos de produtos. Existe uma versão composta por uma data de importação e uma data de enriquecimento.

Experience Management (Gestão de experiência)

Ferramentas para permitir que os profissionais de marketing melhorem a correspondência de conteúdo para pessoas que interagem com suas propriedades digitais.

F

First-Party Cookie (1P Cookie)

Um pequeno arquivo de texto armazenado no computador do usuário que é criado pelo site que o usuário está visitando no momento. Acessar esse cookie enquanto o visitante está em outro site é o que constitui uso de "terceiros" (ou "third-party").

First-Party Data (1P Data)

First-party data são informações que uma empresa pode coletar de suas próprias fontes. Em geral, informações sobre clientes de fontes online e offline, como site, app, CRM, redes sociais e pesquisas da empresa são considerados first-party data.

First-Party Media Network (1PMN)

A Criteo 1st-Party Media Network é o pipeline que liga compradores e vendedores através de uma rede confiável de relacionamentos diretos first-party, permitindo publicidade em escala e endereçável na internet aberta.

FLEDGE

O First Locally-Executed Decision over Groups Experiment (FLEDGE) é a proposta do Google para mensurar a eficácia do seu mecanismo de leilão TURTLEDOVE como um substituto viável para os identificadores interoperáveis que suportam a internet aberta descentralizada. O FLEDGE baseia-se em conceitos da proposta do TURTLEDOVE (isto é, funciona tomando decisões de leilão de anúncios no próprio navegador, e não no ad server), mas inclui feedback de outras propostas, inclusive a proposta SPARROW, da Criteo.

FLoC

A proposta Federated Learning of Cohorts (FLoC), feita pelo Google, conta com o navegador Chrome para coletar e processar o comportamento das pessoas em vários sites e atribuir cada navegador a uma única audiência de coorte.

Frequency Cap (Limite de frequência)

A quantidade máxima de vezes que um determinado anúncio é apresentado a um usuário único dentro de um período especificado.

Full-Funnel Marketing (Marketing full-funnel)

Uma estratégia que aborda a jornada de compra completa e incorpora objetivos para todos os pontos do funil de compra: awareness, consideração e conversão.

G

General Data Protection Regulation (Regulamento Geral Sobre A Proteção De Dados) (GDPR)

O GDPR, da União Europeia, concilia as leis de privacidade de dados na Europa. O GDPR protege a privacidade dos cidadãos da União Europeia e se aplica a todas as empresas que coletam ou processam dados pessoais de pessoas físicas nessa região, mesmo se não residentes no Bloco.

Geotargeting (Segmentação geográfica)

Os controles para veicular anúncios aos consumidores com base na localização.

Guaranteed Deals (Transações garantidas)

Tipo de transação programática baseada em um volume garantido de impressões vendidas a um preço fixo e por um budget garantido.

H

Hashed Email (E-mail com hash)

Versão criptografada de um email que permite experiências cross-devices. Muitas vezes, as empresas adicionam um salt ao mecanismo de hash para transformar o email em um identificador de pseudônimo privacy-by-design. Muitas vezes chamado de HEM. MD5 e SHA256 são os métodos de hash mais utilizados.

Head to Head Test (Teste head-to-head) (H2H)

Período durante o qual um anunciante executa duas soluções concorrentes ao mesmo tempo para avaliar qual tem a melhor performance.

Header Bidding

Header bidding é uma técnica programática avançada em que os publishers oferecem inventário a várias ad exchanges simultaneamente antes de fazerem chamadas aos ad servers do publisher.

HTML

Acrônimo para Hypertext Markup Language (HTML), linguagem de programação para renderização de conteúdo interativo na internet aberta.

I

Identity Data & Resolution (Dados de identidade e resolução)

Processo de coleta e correspondência de identificadores entre dispositivos e pontos de contato para criar uma visão coesa e omnichannel de clientes individuais, permitindo aos profissionais de marketing fornecer mensagens personalizadas e contextualmente relevantes durante a jornada do consumidor.

Identity Graph

O Identity Graph (Gráfico de Identidade) vincula identificadores entre dispositivos, navegadores e apps. Prospects que ainda não forem clientes ou consumidores são vinculados a identificadores da mesma forma que clientes existentes.

Impression or Display (Impressão ou display)

Oportunidade para veicular um anúncio a um consumidor em um dispositivo digital.

In-market Audience (Audiência in-market)

Pessoas que provavelmente estão no mercado para comprar determinado produto ou serviço. Veja Intenção comercial.

In-moment Context (Contexto in-moment)

A Criteo usa dados de Intenção de e-commerce em escala para fazer a correspondência com uma classificação provável de produto/consumidor/página. A utilização dessa técnica permite que a Criteo veicule anúncios relevantes com base no contexto da página.

Incrementality (Incrementalidade)

Incrementalidade é um método avançado para mensurar a eficácia do marketing que procura mostrar que aqueles que compraram o fizeram porque foram expostos ao conteúdo anunciado (isto é, "atribuição").

Insertion Order (ORDEM DE INSERÇÃO) (IO)

O contrato assinado por um anunciante/agência para validar um novo budget para uma campanha publicitária. Ele é assinado pelo anunciante.

Interactions (Interações)

Pontos de contato de quando um consumidor vê, clica, visita uma loja ou realiza outra atividade relacionada com as atividades de marketing e monetização dos nossos clientes.

Interactive Advertising Bureau (IAB)

Organização comercial que ajuda a definir padrões e diretrizes para a publicidade digital.

Interest Map

Conjunto de dados do Criteo Shopper Graph que associa os padrões de atividades e transações das pessoas aos identificadores padrão de produto, categoria e marca.

Inventory Management (Gestão de inventário)

Processo usado pelos media owners para embalar e monetizar o espaço publicitário em suas propriedades digitais.

K

Key Performance Indicator (KPI) (Indicador-chave de desempenho)

A meta ou resultado que se pretende alcançar. Em outras palavras: é como você mede o sucesso de uma campanha. Os KPIs comuns são ROI, COS e CPL e CPV

L

Last-Touch Attribution (Atribuição last-touch)

Veja "Atribuição". Tipo disseminado de modelo de atribuição que atribui 100% de crédito aos pontos de contato finais (ou seja, cliques) que precedem imediatamente vendas ou conversões.

Lifetime Value (CLV)

Customer Lifetime Value (CLV) é uma métrica para capturar o lucro líquido contribuído por um cliente. As empresas têm como objetivo garantir um CLV elevado por meio de técnicas de marketing.

Liquid Design (Design líquido)

Os layouts líquidos de anúncios são baseados em porcentagens do tamanho da janela atual do navegador. Eles permanecem de tamanho constante e peso relativo na página, independentemente de quem a estiver vendo.

Look-alike

Processo de score de audiência orientado por IA para identificar audiências semelhantes a um segmento inicial (denominado "seed data"), que, muitas vezes, são os first-party data existentes de um profissional de marketing.

Lookalike Finder

Recurso central da DSP da Criteo. Cria audiências chamadas Similar Audiences usando inteligência artificial e o Criteo Shopper Graph para encontrar novos consumidores com caraterísticas semelhantes ao melhor cliente de uma empresa.

M

Management Center (antes “CPP”)

Interface de monitoramento de performance da Criteo usada interna e externamente para controlar a performance diária de anunciantes e publishers e para monitorar/alterar budgets e CPC dos nossos anunciantes.

Marketer (Profissional de marketing)

O profissional de marketing engaja e amplia o número de clientes para os produtos e serviços da empresa ao combinar o conteúdo com as audiências desejáveis. A função do marketing abrange definição de audiência (quem e onde), criação de conteúdo (o quê), budget e alocação de preço do bid entre as mídias (quanto) e as táticas de correspondência de conteúdo (o que e quando) para gerar melhores resultados (eficácia).

Measure (Mensuração)

A mensuração da mídia quantifica a exposição e o sucesso relativo das campanhas publicitárias em relação às metas e aos KPIs definidos na fase de planejamento.

Measurement Data (Dados de mensuração)

Dados derivados da análise da performance das campanhas de marketing no funil de marketing. Alguns dos pontos de dados capturados no funil de marketing incluem: impressões, visualizações de página, cliques, visitas únicas, leads, vendas/compras, compras recorrentes.

Media Plan (Plano de mídia)

O planejamento de mídia é o processo pelo qual os profissionais de marketing determinam quem engajar, onde alcançar, quando enviar a mensagem e com que frequência maximizar engajamentos e ROI.

Mindshare (termo de marketing)

Porcentagem da audiência predefinida por um anunciante exposta a pelo menos um anúncio. Veja Alcance.

Mobile Ads (Anúncios mobile)

Blocos de anúncios padronizados concebidos para dispositivos mobile, incluindo smartphones e tablets.

Mobile Advertising Identifiers (Identificadores de publicidade mobile ) (MAIDs)

Identificadores exclusivos e anônimos fornecidos pelo sistema operacional de um dispositivo mobile. A Apple planeja alterar o uso de seus identificadores mobile (IDFAs) em dispositivos da Apple para pedir aos usuários que deem o consentimento ("opt-in") a quaisquer apps da concorrência, não controlados pela Apple, antes de permitir que recebam o IDFA. Note que a Apple não aplica essas mesmas políticas aos próprios apps.

Monetization (Monetização)

Monetização é o processo de transformar um ativo em receita; para media owners, isso pode ser espaço publicitário em suas propriedades digitais, seus dados ou conversão de visitantes em clientes.

Multi-Touch Attribution (Atribuição multi-touch)

Veja "Atribuição". Tipo de modelo de atribuição que atribui crédito a múltiplos pontos de contato (ou seja, cliques) que precedem vendas ou conversões. "Linear" ou "redução de tempo" são modelos típicos de atribuição multi-touch (ao contrário dos modelos last-click (último clique) ou first-click (primeiro clique), que dão crédito a um único ponto de contato).

N

Native Ads (Anúncios native)

Anúncios com aparência semelhante ao conteúdo ao redor, na tentativa de melhorar a experiência dos consumidores, permitindo que os anúncios se misturem com o segundo plano. Os anúncios em Pinterest (como Pins Promovidos) são um bom exemplo de anúncios native.

Network

Relações diretas entre o publisher e o supply da Criteo garantem os caminhos mais eficientes para alcançar os resultados do profissional de marketing.

O

Omnichannel Retail (Varejo omnichannel)

Refere-se a um ambiente de varejo que vende produtos em canais online e offline e cria uma experiência de cliente consistente nos canais de vendas. Os canais típicos incluem varejistas online, marketplaces, canais sociais e lojas físicas.

Online Video (Vídeo online) (OLV)

OLV é um formato de anúncio em vídeo normalmente considerado em referência à publicidade de vídeo em dispositivos com apps mobile e web (em vez de dispositivos Connected TV).

Open Internet (Internet aberta)

Também chamada de open web, refere-se à publicidade e publicação digital fora de walled gardens (jardins murados), por exemplo, em plataformas sociais e de pesquisa.

Opt-Out

Preferência sinalizada pelo usuário para deixar de receber anúncios segmentados por comportamento. Os usuários podem optar por não receber ("opt-out") anúncios da Criteo segmentados por comportamento na nossa página de Privacidade depois de clicar no ícone azul "i" em cada banner da Criteo.

Outcome (Resultado)

O "resultado" alcança uma ou mais métricas de sucesso (também conhecidas como "KPI") que nossos clientes de marketing e mídia especificam.

Outcome Optimization (Otimização de resultados)

As soluções de compra da Criteo são alimentadas por Inteligência Artificial para ajudar a melhorar continuamente canal, budget, bid, audiência e mensagens, de modo a alcançar resultados superiores.

Over-the-Top (OTT)

OTT é qualquer conteúdo de vídeo "sobre" (do inglês "over the top") um receptor para TV. É um termo abrangente que inclui tanto publicidade CTV quanto OLV. Inclui serviços como Netflix, Hulu e Sling. O termo é considerado antiquado e não é usado no vocabulário da Criteo.

P

Passback

A habilidade de um media owner reutilizar uma impressão não preenchida como oportunidade de compra para o próximo comprador na fila. Essa é uma maneira antiquada e amplamente ineficiente de veicular a pilha de anúncios do media owner, mas ainda existente hoje em dia.

Personalize (Personalizar)

O marketing personalizado usa dados para veicular mensagens mais relevantes a uma audiência desejada.

Personally Identifiable Information (Informações de identificação pessoal) (PII)

Identificador que vincula ou se destina a vincular à identidade offline diretamente identificável de uma pessoa. Por exemplo: nome completo, número de CPF, número de carteira de motorista, conta bancária, passaporte ou endereço de email. Chamadas também de "Informações de identificação direta".

Post-Click Sales (Vendas pós-clique)

Compra efetuada por um consumidor em um site ou app mobile dentro de um determinado período após o usuário clicar em um anúncio. Esse período varia, mas normalmente é de, no máximo, 30 dias.

Prebid SSO

O principal framework de notificação e escolha de open-source do ecossistema para gerar identificadores de mídia endereçáveis confiáveis e sinais de privacidade padrão das pessoas associadas a eles. A solução Prebid permite que as pessoas sinalizem suas preferências com um identificador desconectado e, opcionalmente, é compatível com identificadores conectados para sincronizar preferências entre dispositivos.

Predicted Click-Through Rate (Taxa de cliques prevista)

Taxa de cliques (CTR) esperada para cada impressão possível calculada pelo Criteo AI Engine.

Predictive Bidding

Algoritmo orientado por Inteligência Artificial que ajusta o bid com base no contexto atual e no momento certo para cada consumidor.

Preferred Deals (Transações preferenciais)

Um recurso, via ID da Transação, que permite que media owners apresentem determinado inventário para determinados compradores, geralmente a um preço mínimo fixo.

Premium Ad Inventory (Inventário de anúncios premium)

Inventário de anúncios que é considerado de alta qualidade e, por conseguinte, avaliado a um preço mais elevado.

Privacy Mesh

Método privacy by design para ingerir first-party data. O Privacy Mesh da Criteo define procedência, propósito e rege uso, armazenamento e auditoria de quaisquer dados que tenham contribuído para a plataforma de commerce data da Criteo. Nunca reidentificamos, vendemos nem vazamos dados do cliente.

Private Marketplace (PMP)

Um Private Marketplace (PMP) refere-se ao leilão em tempo real do inventário de anúncios de publishers somente mediante convite com um número selecionado de anunciantes. PMP é um leilão que acontece só mediante convite no qual o publisher convida anunciantes a enviarem bids para seu inventário. Por conta dessa caraterística de ser somente mediante convite, ele é chamado de leilão privado.

Product Recommendations

Algoritmo orientado por Inteligência Artificial para melhorar a correspondência de conteúdo digital de produtos específicos com base no comportamento específico do consumidor on-site, como navegação, recentidade e outros tipos de produtos vistos.

Programmatic Advertising (Publicidade programática)

Compra automática de anúncios em tempo real por um software, em vez do método tradicional por telefone, email ou fax.

Programmatic Direct (Programática direta)

Veja Publicidade programática. A publicidade programática passa a se chamar "programática direta" quando a oferta de compra e venda do inventário tiver sido feita diretamente entre o publisher e o anunciante, sem o envolvimento de qualquer intermediário. O termo abrange transações programáticas garantidas, transações preferenciais e private marketplaces (PMPs).

Programmatic Mediation (Mediação programática)

Veja Publicidade programática. Plataforma que permite aos media owners (normalmente desenvolvedores de apps) ligar várias fontes de demanda (historicamente, ad networks) para competir pelo inventário, normalmente na configuração em cascata.

Pseudonymous Identifier (Identificador pseudônimo)

Forma de identificação em que uma empresa tem os processos técnicos ou operacionais adequados para manter esse identificador separado da identidade das pessoas. Veja o antônimo, Informações de identificação pessoal.

Publisher

Um site que publica conteúdo (notícias etc.) e que monetiza frequentemente tráfego mediante a venda de posicionamento de anúncios.

Publisher Monetization (Monetização do publisher)

Como os media owners usam dados e conteúdo para gerar receita por meio de publicidade.

R

Reach (Alcance)

Parcela da audiência do mercado exposta a pelo menos um anúncio.

Reach & Performance Forecasts (Previsões de alcance e performance)

A Inteligência Artificial da Criteo estima a escala de pessoas que é possível alcançar e os resultados provavelmente esperados para determinada campanha com base em métricas predefinidas.

Real-Time Audience (Audiência em tempo real) (RTA)

Protocolo criado pela Criteo que nos permite comunicar com o ad server do media owner para determinar se é necessário mostrar anúncios ao consumidor que navega na página no momento.

Real-Time Bidding (Bid em tempo real) (RTB)

Compra e venda de inventário de anúncios através de um software ou de uma solução programática de ad exchange. Cada impressão de anúncio é vendida a quem pagar mais no leilão em tempo real, no exato segundo que demora para o navegador ou app de um potencial cliente carregar um bloco de anúncios.

Real-Time Creative Optimization (RTCO)

Sub-recurso do DCO+, a otimização de criativos em tempo real da Criteo calcula instantaneamente quais elementos visuais predefinidos terão maior engajamento para um consumidor específico em qualquer momento em qualquer contexto.

Recommendation Engine (Mecanismo de recomendação)

O algoritmo orientado pela Inteligência Artificial da Criteo apresenta os itens mais relevantes a um determinado consumidor.

Renderer

Tecnologia proprietária que nos permite renderizar anúncios totalmente otimizados na página do media owner em tempo real, permitindo bilhões de variações de anúncios à disposição dentro de uma determinada campanha.

Reseller Program

Permite que os varejistas revendam a solução Criteo Dynamic Retargeting aos seus parceiros de marca e que ambas as partes impactem consumidores com anúncios dinâmicos e co-branded veiculados nos principais media owners.

Retail Ads (Anúncios de varejo)

Publicidade de varejo é o processo pelo qual os varejistas usam publicidade na loja (online e offline) para gerar reconhecimento e interesse para os seus produtos e, assim, gerar vendas para o público-alvo. Por meio da publicidade, um varejista tenta influenciar a audiência a gerar um objetivo específico de marketing.

Retail Media

Disciplina que inclui compra e venda de publicidade nos sites e apps dos varejistas. O formato de anúncio mais comum é o anúncio de produto patrocinado, geralmente mostrado em resultados de pesquisa, categoria e/ou páginas de detalhes do produto.
Leia mais

Retargeting

Também chamado de "remarketing", a exibição de anúncios a pessoas que interagiram previamente com conteúdo web digital first-party (p. ex., visitaram um site ou se engajaram com um app mobile).
Leia mais

Retention (Retenção)

A retenção de clientes é um objetivo de marketing projetado para engajar clientes atuais ou anteriores, muitas vezes incentivando o uso continuado dos produtos ou serviços de uma empresa.

Return on Advertising Spend (Retorno sobre o investimento publicitário) (ROAS)

Mostra a receita que você obtém para cada centavo investido em publicidade. O ROAS é expresso na forma de proporção, como 2:1.

Return on Investment (Retorno sobre o investimento) (ROI)

O ROI do marketing digital é calculado geralmente na forma de receita/custo. Custo significa geralmente investimento inicial, mas também custo de uma campanha publicitária. ROI = 1/COS. Em muitos casos, o ROI é equivalente ao retorno sobre o investimento publicitário (ROAS).

S

Sales (Vendas)

Quando um consumidor faz uma compra do produto ou serviço desejado.

Same-Device Match (Correspondência no mesmo dispositivo)

Vincula diferentes IDs de diferentes apps ou navegadores no mesmo dispositivo, por exemplo, um web cookie a um ID de publicidade mobile.

Second-Price Auction (Leilão de segundo preço)

Mecanismo que permite que quem dá o maior bid vença, ao pagar a segunda oferta mais elevada mais um centavo. Incentiva os compradores a oferecerem o valor real, porque o preço pago será sempre igual ou mais baixo que o bid. Os leilões de segundo preço estão amplamente sendo desativados em favor dos leilões de primeiro preço.

Self-Service Platform (Plataforma self-service)

Plataforma com uma interface que permite aos profissionais de marketing configurar e veicular campanhas e aos media owners definir parâmetros no inventário e verificar o rendimento.

Sequenced UX (UX sequenciada)

Técnica de storytelling que permite ao cliente de um profissional de marketing definir a frequência e a ordem em que as diferentes mensagens são exibidas.

Shopper Graph

O Criteo Shopper Graph conecta IDs de consumidores online e offline entre dispositivos, navegadores, apps e outros ambientes para uma visão mais abrangente de cada usuário, ajudando a aumentar vendas, dar visibilidade do produto e aumentar lucros, aproveitando o poder coletivo de dezenas de milhares de anunciantes, marcas, publishers e varejistas que participam ativamente.

Showrooming

Consumidores que visitam a loja para encontrar, experimentar e reunir informações sobre os produtos, mas depois acabam comprando online.

Similar Audiences

Similar Audiences são audiências semelhantes aos seed data de first-party, usados por profissionais de marketing para ampliar o alcance. A ferramenta Similar Audiences, da Criteo, é o resultado da pontuação da tecnologia Lookalike AI da Criteo.

Site Optimization

Tecnologia de otimização de criativos da Criteo que, em tempo real, faz a correspondência entre o modelo de criativo ideal e os elementos nele contidos (p. ex., texto, imagem, links), com base em dados sobre o usuário e seu ambiente atual (p. ex., localização geográfica, velocidade de conexão, tamanho da tela).

SPARROW

SPARROW significa "Secure Private Advertising Remotely Run On Webserver". A Criteo propôs a SPARROW para permitir a segmentação de audiências no Chrome como alternativa à proposta TURTLEDOVE do Google, sendo que algumas sugestões foram incorporadas no FLEDGE.
Leia mais

Static Ad (Anúncio estático)

Ao contrário dos banners dinâmicos, o conteúdo dos banners estáticos é pré-preparado.

Supply-Path Optimization (SPO)

Processo no qual diversas variáveis são avaliadas para direcionar os compradores para o caminho de compra mais eficiente. Esse processo reduz o número de intermediários na cadeia de fornecimento até que cada um deles agregue valor.

Supply-Side Platform

Ferramenta de otimização de rendimento que os publishers usam para otimizar o rendimento do inventário indireto vendido. As SSPs atuam como agregador de inventário para soluções de compra de mídia. As opções de serviço (self-service, gerenciado, híbrido) para todas as tecnologias não alteram o nome do software acessado pelas mãos no teclado.

T

Tagged User (Usuário marcado)

Usuário que visitou o site de um anunciante e que a Criteo identificou com uma tag (ou seja, geralmente um cookie, mas a infraestrutura de tags pode ser estendida para outras formas de identificadores e coleta de dados).

Third-Party Cookie (3P Cookie)

Cookie criado por domínios diferentes daquele que um usuário está visitando diretamente. Os 3P cookies armazenam identificadores endereçáveis entre organizações que ajudam a melhorar o engajamento, a mensuração e a otimização por parte dos profissionais de marketing.

Third-Party Data (3P Data)

Dados vendidos por um parceiro. Os dados de terceiros são utilizados para melhorar e escalar audiências.

Third-Party SSP (SSP de terceiros)

Uma SSP que não pertence à Criteo. Disponibilizamos a nossa demanda de publicidade aos media owners ao integrar nossa solução de compra (buy-side) com essas outras soluções de venda (sell-side).

Trade Marketing

Uma estratégia de marketing B2B concentrada em atacadistas, varejistas e distribuidores, e não em consumidores. O objetivo é aumentar a demanda por parte de parceiros do supply chain e apresentar os produtos na frente dos consumidores. O budget do trade marketing está migrando para o online. O trade marketing é mais amplo que a mídia de varejo, pois pode ser tanto online quanto offline (p. ex., mídia de varejo (retail media) é o canal mais típico do trade marketing online).

Triggered Messaging (Mensagens acionadas)

Conjunto de regras que veicula mídia com base nas atividades específicas do consumidor, muitas vezes em um período específico após um evento (p. ex., enviar um email de agradecimento 24 horas após a compra ou um banner com anúncio de lembrete 24 horas após um carrinho abandonado).

TURTLEDOVE

A proposta TURTLEDOVE ("Two Uncorrelated Requests, Then Locally-Executed Decision On Victory") tenta permitir o retargeting de consumidores sem que nenhum dos profissionais de marketing receba qualquer identificador. A proposta é tomar decisões do leilão de anúncios no navegador em si, e não no nível do ad server. O Google sugeriu mensurar a eficácia da proposta TURTLEDOVE no projeto FLEDGE.

U

Unique Visitor (Visitante único)

Contagem de visitantes do site em nível único. Quando uma pessoa visita um site ou app, ela é contada uma vez, não importa quantas vezes ou páginas visitar, criando assim uma ideia melhor de quantas pessoas estão visitando.

Universal Catalog

Catálogo de produtos uniformizado e enriquecido pelos parceiros e composto pelo último catálogo enriquecido de cada parceiro. Evolui continuamente com o tempo. É importante que os profissionais de marketing mantenham um catálogo normalizado, uma vez que é utilizado para impulsionar a personalização e a otimização.

Uplift

Uplift é o impacto incremental de um tratamento (ou seja, de uma exibição de anúncio). É mensurável por testes A/B.

User (Usuário)

Indivíduo com acesso à internet. O usuário pode acessar a internet por diversos navegadores ou dispositivos e, por conseguinte, ter vários cookies/IDs de usuário.

User ID (ID DE USUÁRIO)

Token atribuído a um identificador técnico, como um cookie ou ID do dispositivo, e específico a um determinado navegador ou dispositivo.

V

Video Completion Rate (Taxa de conclusão de vídeo) (VCR)

VCR é um KPI generalizado para campanhas em vídeo, expresso em porcentagem. É a relação entre o número de visualizações concluídas e o número de consumidores expostos. Normalmente, o consumidor precisa assistir uma duração mínima do anúncio em vídeo para que este conte como uma visualização concluída.

Viewable Advertising (Publicidade visualizável)

Publicidade visualizável mede se um determinado anúncio poderia realmente ser visto por um ser humano, ao contrário de estar fora de vista ou veiculado como resultado de atividade automatizada. Abrange também por quanto tempo um determinado anúncio ficou visível e foi visto por um consumidor. O padrão do setor geralmente requer pelo menos 50% de pixels do anúncio no espaço do navegador por pelo menos 1 segundo de tempo (2 segundos geralmente para vídeo).

Visits (Visitas)

Quando um consumidor que tenha visto um anúncio vai para as páginas desejadas ou para a loja para obter mais informações.

W

Walled Gardens (Walled gardens ou jardins murados)

Ambiente online fechado onde os anunciantes têm menos acesso aos dados do cliente e menos controle sobre como mensurar o sucesso. Facebook, Google e Amazon são os melhores exemplos de walled gardens.

Webrooming

Os consumidores obtêm informações do produto online para decidir o que comprar e depois vão até a loja física para fazer a compra.

Y

Yield (Rendimento)

Rendimento do anúncio é a receita obtida com seus anúncios. Em outras palavras: é um indicador que mostra se seus esforços de marketing foram bem-sucedidos.

#

360° Experience

Anúncio digital para fazer o usuário mergulhar em uma experiência em 360° que ele pode controlar, bastando usar o mouse ou mover o dispositivo mobile. Formato interativo que convida os consumidores a se divertirem com seus anúncios.