Abril 12, 2018
Compartilhar

3 Principais Tendências para o Setor de Viagens em 2018

 

Nem só de presentes de Natal vive o final do ano. É começo verão também e isso significa: viagens e para muitos, férias. Na verdade, ao analisarmos os dados de nossos clientes de viagens, descobrimos que há um aumento significativo nas reservas de viagens logo após dezembro.

Nossa pesquisa de mercado de viagens revelou que, nos EUA, houve até 65% mais reservas diárias no primeiro trimestre de 2017, em comparação com as médias que vimos em novembro de 2016.

Também queríamos investigar as implicações mais amplas de como as pessoas reservam suas viagens: quais dispositivos são mais populares? Como isso varia entre as regiões? E qual é o impacto de ter um aplicativo de viagem?

Por isso, realizamos o Relatório do Segmento de Viagens da Criteo para saber mais sobre o que aconteceu no ano passado. Dessa forma, poderemos ajudar qualquer profissional de marketing do setor de viagens a se preparar para 2018.

Aqui vai o que descobrimos:

1 – No Brasil, 34% das reservas de viagens são feitas em smartphones:

E na América Latina, esse número número chega a 36%. O aumento das vendas por smartphones e a maior penetração da Internet 4G na América Latina explicam a grande quantidade de reservas feitas via mobile na região.

 2 – 80% das reservas de última hora são feitas em dispositivos móveis

Você já entrou em pânico e percebeu que estava perdendo uma boa oportunidade para tirar férias? Ou aterrissou em algum lugar e quis prolongar a viagem?

Bem, você não está sozinho. E quando esse momento acontece, a maioria dos viajantes usa um dispositivo móvel para resolver a situação. Até 80% das reservas de última hora são feitas em dispositivos móveis. As chances são de que seu público esteja olhando para eles em seus telefones e você precisa otimizar seu site para ser mobile friendly ou seu app tem que estar no smartphone desses clientes.

3 – A taxa de conversão em apps é 5x maior do que na web mobile

Assim como já havíamos mostrado na nossa Análise do E-commerce no Mundo, Q4 2017, apps convertem mais do que a web mobile. A facilidade de navegação e a rapidez no fechamento das transações mostra que os consumidores estão mais conectados do que nunca.

O Viajante Moderno: cross-device, focado em apps

O começo do ano é uma época muito aquecida para viagens no Brasil. E o que vimos é que, mais do nunca, os consumidores mobile-first podem ter um grande valor para toda e qualquer empresa do setor de viagens.

E isso é especialmente verdade para aqueles que usam apps: eles convertem mais e suas viagens tendem a ser um pouco mais caras.

Nossa pesquisa também mostrou que a jornada é bastante fragmentada e multi-dispositivo. Por isso, é importante que os diferentes fornecedores façam parcerias para maximizar seus ganhos.

Leia o nosso relatório completo.

Quer saber como 3 agências de viagens decolaram com o Criteo Dynamic Retargeting? Clique aqui!