O retrato de uma geração – Gen Z

 

Se você trabalha para oferecer as melhores ofertas para a galera que tem entre 16 e 24 anos, esse post foi feito sob medida para você. Aliás, “sob medida” é um atributo que eles gostam muito nos produtos.

A partir de dados levantados pela pesquisa The Shopper Story da Criteo levantamos informações incríveis para melhorar ainda mais as estratégias de venda para a Geração Z. Além da exclusividade de produtos mencionada acima, talvez a informação mais importante seja que eles são OMNISHOPPERS. Explicamos num outro post o que significa o prefixo OMNI, ou seja, eles estão ligados em tudo e compram em todo lugar.

Ainda assim, eles têm suas preferências e são espertos. Uma das práticas mais comuns entre eles é o Webrooming: 34% deles pesquisa produtos e preços online e depois finalizam a compra em uma loja física. Outros 27% preferem conferir o produto em lojas físicas e depois comprar em outra loja física de um concorrente (prática que se chama Scan & Scram).

Para eles, a experiência sensorial da loja ainda é essencial e sabem se utilizar da concorrência online para tirar proveito! Significa que os esforços não devem ser concentrados apenas no e-commerce, mas a jornada de compra deve ser instigante nas fases online e offline. Entre 35% e 40% deles acredita que um bom design de loja e formas bacanas, diferentes, inusitadas e interativas de experimentar o produto podem convencê-los a comprar mais facilmente.

A boa notícia é que 62% deles concorda que receber anúncios online relevantes é bom. Veja bem: RELEVANTES. Relevância, para eles, não tem só a ver com descontos, produtos exclusivos e fotos atraentes, mas também com serviços que facilitam sua vida pois 58% deles acha muito importante, por exemplo, que a oferta venha associada a um serviço de devolução com frete grátis ou que a empresa forneça uma experiência no site mobile mais otimizada que o site web.

É claro que nada disso acontece sem muita conversa com amigos nas redes sociais e muita pesquisa de usabilidade em vídeos no YouTube. Vamos ser sinceros, até nós fazemos isso, né? Mais de 60% desses consumidores responderam que o que mais influencia suas compras são as redes sociais e, em segundo lugar quase empatados nos 50%, YouTube e sites/apps proprietários das marcas. Estamos falando de uma geração que consome uma média impressionante de 23 horas de vídeos online e 6 horas de música/podcasts via streaming por semana. Não é à toa que é preciso estar atentos aos seus hábitos online!

Falando nisso, é bom lembrar que esse pessoal está online muito mais frequentemente no celular e outras plataformas mobile do que em desktops, portanto, uma estratégia que entregue uma experiência confortável e confiável em aplicativos virá bem a calhar.

Poderíamos estender esse post indefinidamente pois a quantidade de insights que tiramos da pesquisa The Shopper Story da Criteo é gigante! Mas não se preocupe, facilitamos sua vida e produzimos um e-book exclusivo topzera com a nata, as informações mais relevantes que você precisa saber sobre a Gen Z.

Lógico que, se quiser se aprofundar mais e conhecer todos os detalhes da pesquisa, estamos de portas abertas para te receber e conversar sobre como a Criteo pode ajudar a sua empresa a conversar com eles de forma efetiva e oferecer o que eles querem da forma que mais os agrada.

Herwin Genz

Herwin é o líder do time comercial focado em Varejo e Aplicativos (sejam Varejo ou não) do Brasil. Está no ecossistema Digital desde 2013, tendo atuado como marketeiro ou ajudando marketeiros a atingirem seus objetivos em Mobile e Desktop. Grande foco em análise de dados e padrões com a intenção de usá-los para expandir o negócio do cliente. Tem interesse em Tech, Política e Economia.